Imprimir esta página

Centro de Convívio

O Centro de Convívio, é uma Resposta Social de Apoio a Pessoas Idosas, que tem como objetivo fundamental proporcionar um ambiente de reunião e convívio, motivo pelo qual, tem subjacente a ideia de lazer, ocupação de tempos livres, atividades recreativas, refeições ligeiras (lanche) e informação específica relacionada com a segurança pessoal, prevenção da saúde e da sua autonomia, retardando o envelhecimento e a dependência, Física/Psicológica.         

Comparticipações

O utente comparticipará os serviços fornecidos pelo Centro de Convívio, de acordo com a aplicação de uma percentagem acessível, prevista em acordo, dentro dos princípios e valores propostos pela seg.ª social, tendo em conta o rendimento familiar, para cálculo do valor per capita, deduzindo as despesas obrigatórias e daí a prestação mensal.

A revisão das comparticipações familiares serão efetuadas no início de cada ano civil.

Serviço Disponibilizados para os Utentes da Resposta Social “Centro de Convívio”

  • Lanches;
  • Consultas Médicas e Receituário;
  • Serviço de Enfermagem;
  • Apoio Técnico-Social;
  • Actividades psicomotoras

Outras Atividades Disponibilizadas.

  • Participação nas atividades recreativas, culturais e outras, desenvolvidas pela Instituição;
  • Passeios Anuais;
  • Concursos;
  • Participação nas atividades de artesanato;
  • Atividades e Intercâmbios, com outras Instituições, nas nossas instalações;
  • Atividades desenvolvidas no exterior a convite de outras Instituições;

Condições de Admissão

É condição de admissão ser associado pelo menos há três meses, com idade mínima de 60 anos e/ou Reformado,  interessado no desenvolvimento das suas capacidades pessoais, sociais e psicológicas.

Processo de Admissão

  • Em fase do deferimento do Pedido de Admissão pela Direção será realizado pela Técnica Social, um Inquérito em boletim aprovado, sendo o interessado convocado com antecedência e portador do B.I.;
  • Se o convocado não apresentar justificação para a falta de comparência no prazo de oito dias, será arquivado o requerimento;
  • O candidato deverá fazer prova das declarações efetuadas, mediante a extração de cópias dos seguintes documentos:

 

  • Cartão de Contribuinte, Cartão de Beneficiário (NISS), Cartão de Utente dos Serviços de Saúde;
  • Comprovativo dos rendimentos e despesas do utente e do agregado familiar;
  • Declaração Médica sobre o estado de Saúde Geral;

 

  • Após conclusão do Inquérito, reunida toda a documentação, e parecer favorável da
  • Técnica Social e o processo acompanhado dos respetivos pareceres, será apresentado à Direção do Centro Social que deliberará segundo os princípios por ela estabelecidos, só a este organismo compete a Decisão Final;
  • Se a Direção emitir deferimento positivo, o interessado(a) será convocado(a) através de ofício ou pessoalmente, por elemento da Direção ou pela Técnica Social, mandatada pela mesma;

 

A admissão do utente terá o carácter experimental de um mês, quer para adaptação dos utentes, quer para observação da evolução de doenças (mentais e outras que possam pôr em risco o próprio, ou os restantes utentes) e ainda outras situações físico/comportamentais, que porventura, tenham passado despercebidas no momento da triagem efetuada pela Técnica Social.

 

Critérios de Seleção

São critérios de prioridade de seleção dos utentes, os seguintes:

  • Será dada preferência aos candidatos, que já sejam associados da Instituição e outros residentes na Freguesia de Custóias;
  • De preferência ter prévia ligação com o Centro Social através de convívio, atividades recreativas, etc., tendo como suporte uma adaptação à vida comunitária do mesmo;
  • São prioritárias as pessoas e grupos sociais economicamente desfavorecidos;

Candidatura

Para efeitos de Inscrição, o candidato por si próprio ou por outrem, solicitará e entregará na Secretaria do Centro Social e Cultural de Custóias, o Requerimento que constitui parte integrante do processo do utente, mediante a entrega da cópia do Bilhete de Identidade.